Álvaro Sobrinho: "Todo o crédito foi reportado às instituições superiores do banco"

O antigo presidente do BESA falava na comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES.

Álvaro Sobrinho garante que todas as operações foram reportadas à casa-mãe, ou seja, ao Banco Espírito Santo (BES). "Todo o crédito foi reportado às instituições superiores do banco", afirmou o antigo presidente do BES Angola, na comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES, em resposta à deputada Cecília Meireles.

"Reportávamos o balancete do banco para contabilidade, o risco para o departamento global do risco do Espírito Santo, os rácios de liquidez ao BES", adiantou Álvaro Sobrinho.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG