Acionistas querem Zeinal Bava fora da liderança da Oi

Amos Genish, fundador da GVT, que acaba de ser comprada pela Telefonica, é o nome preferido junto dos acionistas brasileiros da Oi para substituir Zeinal Bava na liderança da companhia.

Octávio Azevedo, do grupo Andrade Gutierrez, e o BTG Pactual são os acionistas que estão a liderar a mudança na liderança de topo da companhia brasileira, noticia a Valor Econômico, tendo já sido endereçado o convite a Amos Genish. O gestor está comprometido com a Telefónica em manter-se à frente da GVT até à conclusão da operação que deverá estar finalizada até março.

O default de 897 milhões de euros, que tanto desgastou as relações entre os acionistas portugueses e brasileiros da Oi, estará na origem deste movimento de mudança de liderança na companhia, com acionistas como Andrade Gutierrez e La Fonte a retiraram a confiança em Bava, segundo a Valor Econômico. O objetivo era haver uma mudança até ao final do ano ou o mais tardar até à conclusão da fusão entre a PT e a Oi, prevista para o primeiro trimestre de 2015, altura em que a nova operadora vai migrar para o Novo Mercado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG