Cortes na função pública de 2,5% a 12%

Cerca de 46 500 funcionários ganham acima de 2000 euros ilíquidos e serão mais penalizados. Baixando o patamar para 600 euros, o Governo chega a muitos até agora poupados

Os cortes salariais na função pública vão passar a ser aplicados a todos os que ganham mais de 600 euros. Nos salários a partir de 2000 euros a redução prevista ascenderá a 12%, o que corresponde a um agravamento de 242% face ao corte de 3,5% atualmente em vigor para este patamar de remunerações. Esta medida, segundo indica a versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para 2014, a que o DN teve acesso, só ao longo de 2014 será "vertida" na nova tabela remuneratória única.

LEIA MAIS NO E-PAPER DO DN

Mais Notícias