Bolsas europeias em baixa a temerem agravamento das relações entre Moscovo e Kiev

As principais bolsas europeias abriram hoje em baixa, a temerem um aumento da escalada de violência entre Moscovo e Kiev.

Cerca das 09:15 em Lisboa, o Euro Stoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava a descer 0,31% para 3.120,55 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt estavam a descer 0,55%, 0,23% e 0,25%, bem como as de Madrid e Milão, que estavam a desvalorizar-se 0,25% e 0,35%, respetivamente.

Depois de ter iniciado o dia em baixa, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:15, o índice PSI20 estava a descer 0,08% para os 7.500,63 pontos.

Em Nova Iorque, Wall Street fechou em baixa na quarta-feira, com o Dow Jones a descer 0,60% para 16.268,99 pontos, depois de ter subido a 31 de dezembro passado até aos 16.576.70 pontos, o valor máximo desde que foi criado, há 128 anos.

Ao nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,3783 dólares, depois de ter terminado a 1,3783 dólares na quarta-feira.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou na quarta-feira o câmbio de referência da divisa europeia em 1,3791 dólares.

Além de continuarem atentos à evolução das tensões entre a Rússia e a Ucrânia, os investidores aguardam hoje a divulgação pelo departamento de Comércio norte-americano do cálculo definitivo do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no último trimestre do ano passado.

O barril de petróleo Brent para entrega em maio abriu hoje em baixa, a cotar-se a 106,92 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 0,11 dólares do que no encerramento da sessão anterior.

MC // MSF

Mais Notícias

Outras Notícias GMG