Assessor de Merkel é o favorito para liderar banco central

A Chanceler da Alemanha, Angela Merkel, deverá anunciar esta quarta-feira a substituição de Axel Weber à frente do banco central alemão pelo seu assessor económico, Jens Weidmann, de acordo com a edição de hoje do jornal "Die Welt".

Jens Weidmann, de 42 anos, que exerce as funções de principal assessor económico de Angela Merkel, é o favorito para suceder a Axel Weber à frente do banco central alemão, quando este abandonar as funções a 30 de Abril.

A saída de Axel Weber do Bundesbank foi anunciada a semana passada pelo próprio.

Oficialmente, aquele que era o mais provável sucessor de Jean-Claude Trichet à frente do Banco Central Europeu vai voltar à suas anteriores funções de professor universitário. No entanto, segundo a agência Reuteurs, Weber poderá vir a ocupar a presidência do Deutsche Bank, substituindo Josef Ackermann.

Segundo uma entrevista publicada a 12 de Fevereiro no "Der Spiegel", Weber afirmou que a falta de "aceitação" dos líderes da zona euro para as suas propostas de política monetárias levou-o a desistir de liderar o BCE.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG