'Apurar responsabilidades a quem geriu o BPN nacionalizado'

Miguel Cadilhe, presidente do BPN antes da nacionalização decretada em Novembro de 2008, começou a ser ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito à nacionalização e reprivatização do banco.

Miguel Cadilhe, antigo presidente do BPN no período antes da nacionalização, disse hoje no Parlamento que assim como falta apurar responsabilidades de quem geriu o banco até à sua chegada - a equipa de José Oliveira e Costa - o mesmo acontece sobre "quem geriu o banco nacionalizado". Cadilhe começou a ser ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito ao BPN e voltou a reafirmar os seus argumentos contra a nacionalização do banco, em Novembro de 2008.

"Achei mal o arrastamento das finanças públicas para o BPN nacionalizado", disse Miguel Cadilhe numa declaração inicial, acrescentando que a sua equipa de gestão tinha assegurada a entrada de "capitais novos, dinheiro fresco e privado" no banco

Mais Notícias

Outras Notícias GMG