Administrações da British Airways e Iberia aprovam fusão

A fusão entre a British Airways e a Iberia vai mesmo avançar, após 16 meses de negociações. Só um parecer negativo ao nível da concorrência por parte da Comissão Europeia (CE) impedirá o negócio, pois o conselho de administração da companhia aérea britância aprovou esta tarde o acordo, depois de a liderança da empresa espanhola ter feito o mesmo horas antes.

Citando "fontes conhecedoras da operação", o El País avança que o conselho de administração da empresa espanhola aprovou a fusão com a British Airways (BA). O mesmo jornal, assim como o El Mundo e a BBC, adiantam que a administração da BA também fez o mesmo.

De acordo com o El País e o El Mundo, o acordo entre as duas empresas prevê que a sede financeira da empresa resultante da fusão seja em Londres e que o presidente seja Antonio Vázquez, actual presidente da companhia espanhola. Haveria igualmente o mesmo número de representantes para as duas empresas no futuro conselho de administração da holding.

O sim de Bruxelas deverá ser uma realidade, tendo em conta o sucesso do processo de fusão entre a Air France e a holandesa KLM.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG