Introdução de TDT em Portugal foi modelo falhado

O presidente executivo da Vodafone Portugal, António Coimbra, considera que a forma como foi introduzida a televisão digital terrestre (TDT) no mercado português resultou num "modelo falhado".

António Coimbra falava na quarta-feira à noite, num jantar debate organizado pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), sendo o primeiro orador de um ciclo que inclui os responsáveis das operadoras de telecomunicações Optimus, Portugal Telecom (PT) e Zon.

A introdução da TDT no mercado português "foi um modelo falhado", uma vez que facilitou "a penetração da televisão por subscrição", disse o gestor.

A enorme adesão à televisão paga deve-se ao facto de em Portugal haver quatro canais de sinal aberto, "ao contrário do resto da Europa".

António Coimbra, que falava sobre o mercado de telecomunicações fixo, destacou que na área da televisão "há um cenário melhor" do que o restante segmento.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG