"Temos de aumentar idade da reforma", diz Catroga

O ex-ministro das Finanças aponta o aumento da idade da reforma, bem como a reestruturação da Função Pública como medidas incontornáveis no plano para cortar quatro milhões de despesa.

Num momento em que o Governo tem de apresentar à troika um plano para cortar quatro milhões de euros na despesa do Estado, o ex-ministro das Finanças Eduardo Catroga, aponta o aumento da idade da reforma, bem como a reestrutura da Função Pública e das prestações sociais como medidas incontornáveis neste processo.

"É preciso uma racionalização das prestações sociais. Quando se reduz o número de funcionários públicos, aumentam-se as prestações sociais. Não há subsídio de desemprego, mas há passagem à reforma. A carga salarial é o resultado da quantidade de funcionários públicos vezes salário médio, as prestações sociais também. Em relação às prestações sociais temos de aumentar a idade da reforma e reduzir a velocidade de incremento da quantidade de reformados", disse Catroga em entrevista ao "Diário Económico".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG