Rouba-se mais para matar a fome

Alimentos como massa ou conservas já são a segunda categoria de produtos mais roubados nos híper e supermercados, a seguir aos artigos de higiene pessoal.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "a crise está a levar cada vez mais pessoas a roubar para comer. No ano passado, alimentos ocuparam o segundo lugar na lista dos bens mais furtados. As estatísticas divulgadas pela PSP dão conta de uma ligeira diminuição dos furtos, no ano passado, mas de uma importante alteração na hierarquia dos artigos, com os produtos alimentares a subirem no "ranking" criminal até ao segundo lugar (os artigos de higiene pessoal continuam em primeiro), quando estavam a meio da lista".

Segundo a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, "assiste-se a um aumento de furtos ao nível dos bens de primeira necessidade e de baixo custo, como conservas, massas, entre outros. O valor das quebras por furto começa a ser mais expressivo e a ter impacto em termos económicos".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG