Reformas milionárias escapam a taxa

Pensões pagas em PPR e seguros de capitalização estão excluídos da Contribuição Extraordinária de Solidariedade.

O "Correio da Manhã" escreve na sua edição de hoje que "os pensionistas com Planos de Poupança Reforma (PPR) e seguros de capitalização não pagam a taxa adicional de Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) aplicada às pensões superiores a 1350 euros. Com esta medida, o Governo poupou milhares de reformados, que normalmente têm as pensões mais elevadas em Portugal, ao pagamento dessa taxa adicional. Domingues Azevedo, bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, diz que não se justifica, de maneira nehuma, a discriminação entre esses reformados e aqueles que recebem pensões do trabalho".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG