PSP pediu imagens com logo da RTP para usar em tribunal

Imagens captadas pela RTP nos confrontos de 14 de novembro foram pedidas "de preferência não editadas" e "se possível identificadas com o logo da RTP" para usar "como meio de prova" em tribunal.

O "Público" avança que as imagens captadas pela RTP nos confrontos de 14 de novembro foram pedidas pelo Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, mas a ordem para o pedido das imagens veio de um serviço superior.

Segundo escreve o jornal, "o pedido original é do Núcleo de Informação da PSP, uma unidade de natureza secreta integrada na Unidade Especial de Polícia com base em Belas". Nesta unidade funcionam, entre outros, os serviços que exigem maior nível de confidencialidade da PSP, como o de segurança pessoal e o corpo de intervenção.

O pedido das imagens, solicitado às estações televisivas, requeria "imagens de preferência não editadas" e que serviriam para usar "como meio de prova dos actos classificados como crime".

Segundo o jornal, esta pretensão da PSP está na origem do pedido feito à RTP, onde são solicitadas imagens que "se possível, devem ser identificadas com o logo da RTP". A intenção, afirma o Público, "era que a PSP pudesse vir a utilizar estas imagens como meio de prova em tribunal".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG