Novo corte salarial vai atingir 170 mil funcionários públicos

Governo preparar redução de 10% nos salários a partir dos 600 euros. Remunerações mais baixas serão mais afetadas face ao corte em vigor.

O "Público" escreve hoje que "pelo menos 170 mil funcionários públicos que, até agora, tinham sido poupados aos cortes salariais por terem rendimentos inferiores a 1500 euros deverão passar a ter o seu vencimento reduzido, se se confirmar a intenção do Governo de aplicar novos cortes logo a partir da barreira dos 600 euros".

Segundo o jornal, "ontem, foi levada a discussão no Conselho de Ministros uma proposta para a nova tabela salarial dos funcionários públicos que contempla cortes de 10% para os montantes acima dos 600 euros. O objetivo da medida é substituir, de forma permanente, os cortes temporários atualmente em vigor (que representam uma poupança líquida anual de 1000 milhões) e garantir ainda uma poupança adicional para o Estado próxima de 500 milhões de euros, de acordo com aquilo que foi prometido pelo Governo à troika".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG