Metade das empresas recebe currículos com erros

Resultados mostram que 46% dos inquiridos dizem que os currículos têm erros ortográficos, mais de metade incluem fotos desadequadas e um quarto contém informações falsas.

O "jornal i" escreve hoje que "quase metade dos currículos que os candidatos enviam ás empresas a operar em Portugal contém erros ortográficos, fotos tiradas na praia, em bares ou em festas de casamento e ainda informações falsas. A conclusão é de um estudo realizado pela empresa de certificação de currículos, CV-DNA, que conduziu um inquérito junto dos responsáveis pelo recrutamento de 38 empresas nacionais e multinacionais de todo o país, embora com maior concentração na Grande Lisboa".

Segundo o jornal, "os resultados mostram que 46% dos inquiridos dizem que os currículos recebidos têm erros ortográficos, mais de metade incluem fotografias pouco profissionais e um quarto contém informações falsas. "Alguns candidatos enviam fotografias na praia, a beber ou a fumar, ou até fotos reaproveitadas de casamentos ou de outros eventos", conta o jornal o diretor-geral da CV-DNA, avisando desde já que essas gafes são suficientes para um currículo nem sequer ser lido".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG