Maioria das empresas vai manter salários este ano

Apenas 14% das empresas nacionais admitem dar aumentos e 7% preparam-se para cortar nos ordenados. Muitas já famlam em contratar mais trabalhadores.

O "Público" escreve hoje que "será mais um ano sem aumentos salariais. Um inquérito feito a 115 administradores, diretores-gerais e diretores de recursos humanos realizado pela consultora MRINetwork/CIGA mostra que, para 70% das empresas, as intenções quanto às políticas salariais são "estabilizar" ordenados em comparação com 2013. Ainda assim, 14% admitem que vão conseguir aumentar ordenados, enquanto 7% ainda terão de cortar nos vencimentos dos trabalhadores".

Segundo o jornal, "entre as que decidiram avançar para reduções de salários, a maioria (57%) prepara-se para tirar uma fatia de 6% a 10% do total da remuneração. Cerca de 43% pretendem baixar menos de 5%. Quanto às que vão conseguir aumentar ordenados, em 79% dos casos a subida não irá além dos 5%, mas 21% das empresas vão conseguir odferecer aos seus funcionários um salário entre 6% a 10% superior ao do ano passado".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG