Machete comprou ações do BPN a metade do preço

Ministro dos Negócios Estrangeiros comprou ações da SLN, dona do BPN, a 1 euro. Fundação a que presidia pagou 2,2 euros na mesma altura.

O semanário "Expresso" escreve hoje que "Rui Machete adquiriu ações do grupo BPN ao valor nominal de 1 euro quando era presidente da Fundação Luso-Americana (FLAD). No mesmo aumento de capital, realizado entre o final de 2000 e o início de 2001, a FLAD comprou também ações mas a 2,2 euros, num investimento que ascendeu a 4,98 milhões. As ações tinham opção de recompra a um preço de 2,86 euros. Contactado, Rui Machete não explica porque entrou a um preço inferior ao da instituição a que presidia. Ao semanário reitera apenas que não tinha "conhecimento de qualquer situação de favor" e que não solicitou nem lhe foram dispostas condições de transação.

Segundo o semanário, "o atual ministro dos Negócios Estrangeiros acabou por vender as suas ações até 2006, tendo registado uma mais-valia de 38,2 mil euros, enquanto a FLAD ganhou 643,6 mil euros. A entrada de Machete no grupo de Oliveira Costa é em tudo idêntica ao investimento feito por Cavaco Silva entre 2001 e 2003".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG