Macedo propõe programa de rescisões para a Saúde

Governo vai avançar com programa de rescisões amigáveis específico para os trabalhadores do Ministério da Saúde. Proposta foi apresentada às Finanças para que o pagamento de indemnizações seja suportado pelo Orçamento.

O "Diário Económico" escreve hoje que "o Governo vai avançar com um programa de rescisões amigáveis específico para os trabalhadores das estruturas do Ministério da Saúde. O programa não incluirá médicos e enfermeiros e será dirigido a técnicos superiores. Nesta categoria integram-se, por exemplo, técnicos de laboratório ou de radiologia, mas o programa não é apenas dirigido a trabalhadores que prestam cuidados a doentes "até porque nesses casos precisamos deles", explicou ao jornal fonte próxima do processo. O programa de rescisões pode, assim, abranger funcionários da Direção Geral de Saúde, Administrações Regionais de Saúde ou da Administração Central do Sistema de Saúde".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG