Levantamentos via multibanco atingem valor mínimo

Compras com cartão recuam em 2012 pela primeira vez desde a introdução do euro. Só os levantamentos de notas de 10 euros crescem.

Mais de 920 mil portugueses no desemprego, novos escalões de IRS, sobretaxa extraordinária de 3,5%, cortes salariais na função pública, suspensão de pagamento de um subsídio, contribuição extraordinária de solidariedade para pensionistas, contenção salarial no privado e subsídios em duodécimos. Segundo a edição de hoje do jornal "i", esteve agravamento de cenário de austeridade marcou o arranque de 2012 e, automaticamente, as idas ao multibanco para levantar dinheiro diminuíram, o valor caiu, as compras e os pagamentos sofreram um travão a fundo.

Segundo dados estatísticos do Banco de Portugal, os portugueses levantaram 2073 milhões de euros em janeiro, o equivalente a menos 468,1 milhões de euros face a dezembro. Esta redução de 18% nos levantamentos não é atípica, já que, depois do Natal, janeiro arrefece o ímpeto consumista dos portugueses. No entanto, os levantamentos diminuíram 5,3 milhões de euros quando comparados com o mesmo mês do ano passado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG