Governo quer fusões no ensino superior no próximo ano

Governo pediu às universidades e politécnicos que se pronunciem sobre a reorganização da rede do superior, incluindo fusões e consórcios, até ao fim do ano. Mudanças estarão em vigor no próximo ano lectivo.

O "Público" escreve hoje que "o próximo ano lectivo já deverá começar com um novo mapa de instituições de ensino superior. É pelo menos essa a intenção do Governo, que pediu às universidades e institutos politécnicos que se pronunciem sobre a reorganização da rede até ao final do próximo mês. Numa carta enviada às instituições, são abordadas as possibilidades de fusões e consórcios. Os responsáveis do sector saúdam a iniciativa, mas os reitores admitem não participar no processo se não forem resolvidos os problemas de financiamento.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG