Governo não divulga salários da RTP

Gabinete de Poiares Maduro diz que dar relatório sobre salários na RTP "poderá ser susceptível de pôr em causa o respeito pela reserva da vida privada".

O "Jornal i" escreve hoje que "o gabinete do ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Poiares Maduro, recusou entregar ao Parlamento o relatório de gestão salarial da Radio Televisão Portuguesa que tem informação personalizada sobre as remunerações pagas na estação pública. A resposta a um pedido do Bloco de Esquerda invoca a lei da proteção de dados e argumenta que o envio do relatório único "poderá ser susceptível de pôr em causa o respeito pela reserva da vida privada, bem como dos direitos, liberdades e garantias pessoais dos trabalhadores".

Segundo o jornal, "o requerimento para a entrega do documento foi apresentado por Cecília Honório. A deputada do Bloco de Esquerda considerou que as declarações do presidente da RTP, Alberto da Ponte, "deixaram dúvidas concretas sobre o futuro dos trabalhadores da empresa bem como da gestão salarial dos mesmos". O Bloco pediu dados nominativos que fossem relevantes para a fiscalização parlamentar da proibição legal de melhorias salariais dos trabalhadores da RTP, definidas nos Orçamentos do Estado de 2012 e 2013. A administração da estação foi uma das que pediu excepções aos cortes salariais".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG