Função Pública divide Executivo

Alguns ministros temem que as medidas, designadamente as da mobilidade especial, não passem no Tribunal Constitucional.

O "Correio da Manhã" escreve que "as novas regras para a Função Pública, que abrem a porta a despedimentos, dividem o Governo e acabaram por prolongar ontem o Conselho de Ministros. A reunião foi interrompida por volta da hora do almoço e retomada depois das 20.00". Segundo o jornal, "alguns ministros temem que as medidas, designadamente as da mobilidade especial, não passem no Tribunal Constitucional. Facto que provocou divisões na equipa, até porque o Executivo não pode ter nova derrota no Palácio Raton. Miguel Macedo e Paula Teixeira da Cruz são algumas das vozes que se erguem contra o pacote da Função Pública".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG