Falta de pagamento deixa cadeias sem gás

Guardas prisionais de Leiria já vestem a farda sem tomar banho. Em Coimbra o combustível faltou esta semana. Perigo de rebelião preocupa os sindicalistas.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "de acordo com o Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP), "há uma semana que os guardas da cadeia de Leiria, por falta de gás, têm três opções: vestem a farda sem tomar banho, tomam em água fria ou vão tomar a casa". Em Coimbra, onde no dia 19 não houve gás, por dívidas ao fornecedor, as vítimas foram os 508 reclusos. Segundo a Associação Contra a Exclusão pelo Desenvolvimento (ACED), a dívida ao fornecedor de gás chegou a ultrapassar os 40 mil euros. A associação mostra-se preocupada com a situação, advertindo para o risco de rebelião dos reclusos".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG