Durão Barroso afasta candidatura a Belém

Durão Barroso não se candidará à Presidência, e até é possível que não regresse a Portugal no fim do mandato em Bruxelas. Com convites para leccionar em universidades estrangeiras, poderá ser esse o seu próximo destino.

O semanário "Sol" escreve hoje que "Durão Barroso afasta qualquer hipótese de candidatura à Presidência da República, e admite mesmo não voltar para Portugal após o fim do mandato em Bruxelas que termina em outubro. Durão, que nos últimos anos foi doutorado honoris causa por mais de 20 universidades de todo o mundo, tem recebido convites para leccionar no estrangeiro e não enjeita essa possibilidade. Fora de causa está, também para já, qualquer outro cargo internacional, até porque ele não admite ir "de cavalo para burro". Durão não afasta, porém, "para sempre", uma cabdidatura a Belém. Cargo que considera de "grande honorabilidade". Mas este ainda não é o seu tempo". Para Durão Barroso, o candidato do PSD mais bem posicionado para a corrida a belém é Marcelo Rebelo de Sousa".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG