Despedir 10 mil funcionários públicos custa 325 milhões

O universo de funcionários públicos em condições de rescindir amigavelmente com o Estado anda na casa dos 214 mil. Dispensa de "apenas" 10 mil terá um custo de aproximadamente 325 milhões de euros.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "o Governo está disposto a oferecer até um salário e meio "completo" por cada ano de trabalho, aos assistentes técnicos e operacionais que adiram ao programa de rescisões. Por cada 10 mil que adiram, o custo da compensação ascenderá aos 325 milhões de euros".

Segundo o jornal, "a subida da parada visa tornar a proposta mais apelativa, mas continua a não se saber como vai ser financiado este pacote de redução de efetivos, que começará a ser concretizado no segundo semestre. Os sindicatos estão preocupados e alertam para pressões sobre os trabalhadores".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG