Crise com Angola ameaça negócio de 60 milhões

Degradação das relações bilaterais coloca em risco projeto de construção em Portugal de cinco navios para a Marinha de Guerra Angolana.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "o fim da parceria estratégica entre Portugal e Angola, anunciado recentemente pelo presidente José Eduardo dos Santos, ameaça inviabilizar a construção em Portugal de cinco navios para a Marinha Angolana, no valor de cerca de 60 milhões de euros. O Ministério da Defesa diz desconhecer esse projeto apresentado no verão passado ao governo de Angola. Com a crise nas relações luso-angolanas, China, Brasil, Rússia e Espanha poderão aproveitar para tentar fornecer navios a Angola".

Ao que o jornal apurou, "o projeto passa pela construção em Portugal de cinco navios para a Marinah de Guerra Angolana: três lanchas costeiras de fibra de vidro, que seriam construidas por empresas privadas, e dois navios em aço com capacidade para fazerem patrulha oceânica, que seriam construidos nso estaleiros navais de Viana do Castelo. No total, a construção dos cinco barcos de guerra implicará um investimento de quase 60 milhões de euros".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG