Correios assaltados duas vezes por semana em 2012

Só este mês foram roubados 215 mil euros aos CTT. Sindicato garante que os trabalhadores que se recusam a transportar dinheiro têm processos disciplinares. A empresa nega.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "a única contabilização dos assaltos aos CTT tem estado a ser feita pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações que, no ano passado, conseguiu contar 88 assaltos. Mas o seu presidente, Vítor Narciso, refere que o número está abaixo do real. O sindicalista não tem meios para fazer as contas ao produto do roubo, mas vai falando em muitos milhares de euros. Narciso refere ainda que há 12 processos disciplinares abertos porque "os funcionários se recusaram a transportar dinheiro, porém, a empresa garante que "não há registo de nenhum processo disciplinar desse tipo que tivesse sido levantado". Este ano, só este mês, trabalhadores dos CTT foram assaltados três vezes: em Lourosa, Montalegre e Setúbal. Os assaltos renderam cerca de 215 mil euros".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG