Chuva de Milhões chega a Portugal em 2014

Regiões mais pobres ganham 19,5 mil milhões de euros a partir de 2014. Inclusão social e emprego estão entre as propriedades do 'Portugal 2020'.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "são 21 mil milhões de euros em fundos europeus que começam a entrar em Portugal a partir de 2014. O grosso da verba - 19,5 mil milhões - está destinado às regiões mais pobres do País: Norte, Centro, Alentejo e Açores. Algarve, Lisboa e Madeira contam com os restantes 7%. O Governo entregou ontem em Bruxelas a proposta do novo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN), o chamado 'Portugal 2020'".

Segundo o jornal, "a ordem de prioridades do 'Portugal 2020' em termos de afetação de fundos será a seguinte: 1º Competitividade, 2º Capital Humano, 3º Investigação, Desenvolvimento e Inovação, 4º Inclusão Social e Emprego. O Governo deixa ainda de considerar como prioridade dos novos fundos comunitários a receber a construção de auto-estradas e vias rápidas porque o País já está nso primeiros lugares do ranking mundial de estradas".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG