Cavaco vai perder 5 mil euros com cortes nas reformas

O Presidente da República, que renunciou ao vencimento para continuar a beneficiar das suas reformas, vai perder cerca de cinco mil euros em 2013. O seu rendimento líquido passará de 69 para 64 mil euros.

Cavaco Silva recebe duas pensões: uma pelo seu período enquanto professor universitário, no valor de 1300 euros brutos mensais, e a outra do Banco de Portugal no montante de 8700 euros, notícia o jornal i.

Depois de, em 2011, ter abdicado do seu salário enquanto presidente, optando por receber as suas reformas, o Presidente vai ser agora penalizado em cerca de cinco mil euros, no próximo ano, não escapando ao alargamento da contribuição extraordinária de solidariedade aos fundos de pensões privadas.

No final deste ano, o seu rendimento líquido deverá ultrapassar ligeiramente os 69 mil euros, valor que será reduzido, em 2013, para cerca de 64300 euros, depois de aplicadas todas as penalizações e impostos previstos para o próximo ano.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG