BPN tem três mil milhões de euros em "activos tóxicos"

O BPN tem pelo menos três mil milhões de euros em "activos tóxicos", de difícil recuperação, e o valor pode ainda ainda aumentar, é a manchete desta sexta-feira do jornal "Correio da Manhã".

Segundo o diário, "metade do 'buraco'" são "créditos concedidos por Oliveira e Costa", não estando ainda todos os valores considerados "tóxicos" apurados.

Estes activos são classificados como 'lixo', sendo este dinheiro "de difícil recuperação", titula ainda o Correio da Manhã.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG