Beneficiários do RSI obrigados a voluntariado

Os beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI), entre os 16 e os 60 anos, passam a ter de prestar 15 horas de atividades em instituições sociais ou autarquias. A medida pode chegar a 50 mil pessoas.

O Governo prepara-se para aprovar o decreto-lei que regula "a atividade socialmente útil", prevista desde as alterações feitas em junho na lei que rege o RSI, avança o "Jornal de Notícias".

Quem tiver a seu cargo crianças ou idosos e estiver à procura de emprego de forma ativa fica isento destas funções, escreve ainda o diário.

A atividade socialmente útil tem um máximo de 15 horas semanais e não deve ser repartida por mais de 3 dias da semana para não prejudicar a procura de emprego. Em contrapartida, os beneficiários recebem transporte, alimentação e um seguro de acidentes pessoais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG