"Banqueira" com 2 milhões no banco declara 4 mil ao Fisco

Maria Augusta, também conhecida pela "banqueira" de Matosinhos, declarava 4 mil euros de rendimentos por ano. Porém, tinha mais de dois milhões de euros no banco.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "continuou ontem no tribunal de Matosinhos o julgamento de Maria Augusta Monteiro, de 73 anos, e do filho, Carlos Manuel, de 48, acusados de usura qualificada e branqueamento. Chamado a depor, Vítor Machado, especialista da PJ que "esmiuçou" os movimentos bancários de Maria Augusta constatou que a arguida declarou às Finanças no período em causa (2002 - 2010) 4 mil euros de rendimento anual (de duas reformas) mas tinha contas de milhões".

Segundo o jornal, "instada a explicar de onde vieram, Maria Augusta consegiu apenas apontar "uma expropriação" que terá rendido à volta de 500 mil euros. Quanto ao resto não sabia, ao contrário do Ministério Público que diz que a fortuna tem origem na concessão de empréstimos a pessoas e empresas em situação desesperada, a troco de garantias reais, como ouro e jóias, e a juros elevadíssimos que terão atingido os 100%.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG