Tribunal da Relação já tem recurso de Duarte Lima

Processo foi distribuido à 5ª secção. Juíza desembargadora Margarida Bacelar é a relatora

O Tribunal da Relação de Lisboa recebeu, no passado dia 4 de Janeiro, os recursos de Duarte Lima e do seu filho, Pedro Lima, no âmbito do caso de alegada burla ao BPN. O processo foi distribuido à 5ª secção do TRL. A juíza desembargadora Margarida Bacelar é a relatora de ambos o recursos.

Duarte Lima, recorde-se, está preso preventivamente por decisão do juiz de instrução Carlos Alexandre. O magistrado judicial concordou com o Ministério Público, aplicando a mais grave das medidas de coacção ao antigo líder parlamentar do PSD. Alegadamente, Duarte Lima, em Novembro de 2011, estaria a preparar a fuga do Portugal, provavelmente para o Qatar. O juiz de instrução considerou ainda existirem fortes indícios dos crimes de burla, fraude fiscal e branqueamento de capitais num negócio que envolveu a compra de terrenos em Oeiras por parte do fundo imobiliário "Homeland", no qual Pedro Lima era um dos sócios. Porém, a investigação considera que o filho era apenas um "testa de ferro" do pai.

Também interrogado pelo juiz Carlos Alexandre, Pedro Lima foi sujeito a uma caução de 500 mil euros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG