Mário Soares diz que não tem medo do FMI

O ex-presidente da República, Mário Soares, disse hoje não ser daqueles que têm muito medo do Fundo Monetário Internacional (FMI), recordando que enquanto primeiro-ministro teve que recorrer a ele duas vezes e que Portugal resolveu os problemas.

No início do ciclo Grandes Debates do Regime, dedicado ao tema "Democracia no séc. XXI: que hierarquia de valores?", que hoje decorre na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, Mário Soares garantiu não ter muito medo do FMI.

"É que eu quando era primeiro-ministro aguentei duas crises em que tive que chamar o Fundo Monetário Internacional", recordou.

Segundo o ex-primeiro ministro e ex-presidente da República, dessas duas vezes Portugal sobreviveu ao FMI e até resolveu os problemas da altura.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG