Há um novo segredo no casamento real

Tal como sobre o nome do criador do vestido de noiva, agora especula-se acerca do destino do príncipe William e de Kate Middleton para a lua-de-mel.

Não há informação oficial acerca do local onde os duques de Cambridge vão passar a lua-de-mel e os vários jornais especulam acerca da viagem.

Certo parece ser o local onde William e Kate vão passar a noite de núpcias: o Palácio de Buckingham, seguindo depois para Balmoral, na Escócia, para mais uns dias.

William e Kate, que se casaram hoje, sexta-feira, de manhã na Abadia de Westminster, vão passar duas semanas fora, tendo apenas uma viagem oficial ao Canadá marcada para dia 30 de Junho.

O "Sunday Mirror" avança que os noivos vão passar a lua-de-mel em Lizard Island, um paraíso em plena Grande Barreira de Coral, na Austrália, onde o príncipe Carlos e Diana de Gales também passaram uns dias.

Mas, segundo o jornal inglês "Daily Mail", há quatro destinos prováveis para a lua-de-mel: Jordânia, Quénia, Mustique e Chile.

Jordânia lidera as apostas, uma vez que Kate Middleton viveu, durante a infância, dois anos no Médio Oriente, precisamente em Amã, a capital.

O Quénia surge como uma forte possibilidade, segundo o jornal, porque foi o país onde o príncipe William pediu Kate Middleton em casamento.

Mustique é uma ilha das Caraíbas muito frequentada para família real inglesa. O casal esteve lá em 2009.

Finalmente, o Chile é um país que ambos conhecem bem visto que lá trabalharam como voluntários.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG