NBC divulga cassetes inéditas da princesa Diana de Gales

Confissões gravadas em aulas de voz. NBC pagou 200 mil dólares. Gravações de 1992.

A NBC divulga amanhã um vídeo com revelações inéditas de Diana de Gales sobre sua relação com o príncipe Carlos, onde a princesa sugere que um seu antigo amante foi «eliminado» por Carlos.


A cassete, de duas horas, a exibir pela NBC, é um conjunto de entrevistas inéditas e íntimas, gravadas em 1992 e 1993 por um professor de treino de voz da princesa, Peter Settelen.


A Imprensa britânica revelou sexta-feira alguns excertos das gravações. Também a NBC antecipou parte do conteúdo da emissão de amanhã.


Segundo o The Sun, a estação pagou quase 200 mil dólares pela gravação. Peter Settelen conseguiu vender as cassetes após uma longa batalha legal com a família de Diana Spencer . Os vídeos foram apreendidos a um ex-mordomo de Diana e depois devolvidas pela justiça ao professor de voz.


A NBC justificou a emissão afirmando que as cassetes foram «gravadas no salão de Diana , escondidas durante anos depois da sua morte, e objecto de uma batalha legal durante meses com a justiça britânica, oferecem uma visão da princesa diferente da imagem pública que ela tinha o hábito de dar».


Nas gravações, Diana queixava-e da frieza sexual de Carlos e afirma que, durante o casamento, só tinham relações sexuais de três em três semanas. «Nunca me pediu que fizéssemos amor», diz Diana acrescentando que ele perdeu o interesse sexual na mulher após o nascimento do segundo filho.


Diana diz ter-se apaixonado por um funcionário do palácio, que se supõe ser o polícia real Barry Mannakee, o qual morreu em 1987, num acidente de mota. «Creio que foi derrubado mas nunca saberemos. Penso que ele foi eliminado.»
Sobre Camila Parker-Bowles, Diana disse que Carlos se recusava «ser o único príncipe de Gales que nunca teve uma amante».

Mais Notícias

Outras Notícias GMG