219 mortos na violência que baniu Ben Ali

Morreram 219 pessoas e 510 ficaram feridas na violência que conduziu à queda do Presidente tunisino Zine El Abidine Ben Ali a 14 de Janeiro, anunciou hoje, terça-feira, em Tunes um responsável da ONU.

Numa conferência de imprensa, o chefe da missão do Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU, Bacre Ndiaye, precisou que 147 pessoas morreram desde o início dos tumultos na Tunísia em meados de dezembro, enquanto 72 morreram nas prisões. "Segundo os últimos dados registados, houve 147 mortos e 510 feridos.

Estes números não incluem as vítimas das prisões", declarou. Ndiaye precisou que os dados são ainda "provisórios" e que a ONU continua a sua investigação.

O anterior balanço da ONU, de 19 de Janeiro, dava conta de "pelo menos 100 mortos".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG