Ex-ministro egípcio declara-se inocente em tribunal

Habib al Adli, ex-ministro do interior do Egipto, é o protagonista do primeiro processo contra elementos do regime de Mubarak.

O antigo ministro esteve hoje, sábado, em tribunal durante cerca de meia hora e declarou-se inocente da acusação de lavagem de dinheiro.

"Não, isso não aconteceu", disse por duas vezes Habib al Adli.

Fora do tribunal, centenas de pessoas gritaram palavras de ordem contra Habib al Adli e Mubarak.

A próxima sessão realiza-se a 2 de Abril.

Habib al Adli é acusado de ter recebido indevidamente um milhão de dólares de uma empresa de construção civil, de abuso de poder na compra de um terreno e de lavagem de dinheiro no valor de cerca de 760 mil dólares.

O ex-ministro está em prisão preventiva desde 17 de Fevereiro, um dia antes da queda de Hosni Mubarak.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG