Merkel disposta a aumentar impostos aos mais ricos

A CDU alemã, da chanceler Angela Merkel, está disposta a aumentar os impostos aos mais ricos, desde que ao sociais-democratas ou os Verdes aceitem fazer parte de uma coligação por ela liderada, avança hoje o jornal Bild.

O diário, que cita fontes do partido, assegura que esta opção -- descartada pelos conservadores durante a campanha -- tem baralhado a sede central da CDU, desde as eleições de domingo.

A CDU obteve uma vitória sem maioria absoluta, que obriga o partido de Merkel a coligar-se para poder governar.

O secretário-geral da CDU, Hermann Gröhe, propôs aumentar a pressão fiscal dos mais ricos, numa conversa com economistas do partido, que previa o arranque das negociações com outras forças.

Esta era uma das propostas eleitorais do Partido Social Democtara (SPD) e dos Verdes, os dois candidatos a entrarem como parceiros minoritários numa coligação governamental com Merkel.

Nas eleições de domingo, a CDU e a CSU obtiveram 41,5% dos votos, o SPD 25,7% e os Verdes 8,4 por cento.

Prevê-se que as negociações para a formação de uma coligação sejam demoradas, dadas as distâncias ideológicas entre os partidos, que implicarão concessões de ambas as partes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG