Vaticano recusa acreditar jornalista ligado a Vatileaks

O Vaticano recusou acreditar para o Conclave Gianluigi Nuzzi, autor do livro 'Sua Santidade, as Cartas Secretas de Bento XVI', editado em Portugal pela Bertrand e que revela as intrigas em torno do agora papa emérito, anunciou o jornalista italiano na sua conta de Twitter.

"Uma escolha marcada pelo obscurantismo, longe da transparência e da liberdade de imprensa", escreveu Gianluigi Nuzzi no Twitter.

O seu livro, escrito com base numa dezena de faxes e cartas ultrassecretas dirigidos ao Papa, contribui para alimentar o escândalo do Vatileaks, que levou à detenção e condenação por roubo de Paolo Gabriele, o mordomo do papa.

Gianluigi Nuzzi pediu a acreditação na semana passada para poder fazer a cobertura do conclave para o canal de televisão italiano La7. Hoje recebeu a resposta negativa, sem que lhe tivessem sido explicados quais os motivos da recusa.

Em dezembro, Bento XVI agraciara o antigo mordomo, que recuperou a liberdade após 117 dias de detenção.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG