Maradona quer encontrar-se com o Papa

O ex-futebolista argentino Armando Diego Maradona, que hoje celebrou a eleição do cardeal Jorge Bergoglio como novo Pontífice, comentou que "o Deus do futebol é argentino, e agora também o papa".

Maradona, que trabalha no Dubai como assessor de empresas organizadoras de espetáculos desportivos, fez chegar os seus comentários sobre a eleição do papa Francisco aos media através do seu advogado, Angelo Pisani.

O 'astro' argentino disse que espera ter uma audiência com o novo papa quando for a Itália e recordou a "emoção inesquecível" quando foi recebido por João Paulo II, que depois criticou em várias ocasiões.

O cardeal argentino jesuíta Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, foi hoje eleito papa pelos 115 cardeais reunidos em Roma, assumindo o nome de Francisco.

Francisco, o primeiro papa latino-americano, sucede a Bento XVI e é o 266.º papa da Igreja Católica.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG