Tristane põe Strauss-Kahn novamente sob suspeita

A escritora francesa já se referira ao seu caso de 2002, mas só agora avança com queixa em tribunal. Alívio de DSK foi curto.

Quando parecia possível o seu regresso à política, Dominique Strauss-Kahn (que a imprensa francesa abrevia para DSK) enfrenta nova acusação de tentativa de violação. A continuação do pesadelo pode ser a machadada final nas esperanças do ex-ministro de concorrer às primárias do PS e às presidenciais de 2012. No plano político, os socialistas estão divididos e o Presidente Nicolas Sarkozy começa a ser ameaçado pelos salpicos de lama.

A nova acusação de agressão sexual remonta a 2002 e foi contada pela escritora Tristane Banon num programa de televisão.

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG