Strauss-Kahn na mesma prisão de Renato Seabra

O director do FMI viu esta segunda-feira ser-lhe negado o pedido de caução e vai esperar julgamento na prisão de Rikers Island, a mesma em que está detido Renato Seabra, o modelo acusado de assassinar o cronista social Carlos Castro.

A informação foi avançada à AFP por uma fonte das autoridades prisionais nova-iorquinas.

Strauss-Kahn "vai passar a noite em Rikers Island, numa cela individual", disse à agência noticiosa francesa a fonte, que pediu anonimato. "Ele não terá contacto com outros prisioneiros. Mesmo quando sair, será acompanhado por um guarda", acrescentou ainda.

A prisão de Rikers Island é o maior estabelecimento prisional do Estado de Nova Iorque. É aqui que estão detidos a maioria dos prisioneiros considerados perigosos.

Foi também para esta prisão que foi tranferido o modelo Renato Seabra, acusado de matar o cronista Carlos Castro, depois de ter tido alta do hospital psiquiátrico onde esteve internado desde o dia do crime, em Janeiro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG