Mais uma queixa de abuso sexual contra Strauss-Khan

A jornalista francesa Tristane Banon, que afirma ter sido agredida sexualmente pelo ex-director do FMI em 2001, apresentou queixa por tentativa de violação.

"A minha cliente, Tristane Banon, apresentou uma queixa por tentativa de estupro contra o Sr. Dominique Strauss-Kahn", afirmou o advogado ao site do semanário L'Express. Segundo ele, a queixa deverá entrar no Ministério Público na manhã de quarta-feira.

O advogado esclareceu ainda que a decisão de apresentar queixa já vem de meados de Junho e não está relacionada com a reviravolta que o caso de Dominique Strauss-Khan sofreu na sexta-feira, quando o tribunal americano decidiu libertar o ex-director do FMI sem pagamento de fiança no caso de agressão sexual a uma camareira de um hotel de Nova Iorque.

Tristane Banon, agora com 31 anos, disse na televisão, em Fevereiro de 2007, ter sido agredida sexualmente cinco anos antes por Strauss-Kahn. Nessa emissão, o nome do alegado agressor não foi, no entanto, divulgado.

Em França, o período para a prescrição do crime de tentativa de violação é de 10 anos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG