Ronaldo: "Portugueses, coloquem bandeiras nas casas"

Capitão da seleção portuguesa apela ao mesmo espírito demonstrado no Euro 2004. Paulo Bento pede aos adeptos portugueses que cantem pela seleção.

Paulo Bento: "Acima de tudo estou satisfeito pela forma como os jogadores encararam a partida, para ver outros jogadores e para recolher informação para fazer as escolhas. Quando vamos aos estádios o futebol é alegria, os cânticos servem para estravazar essa alegria e motivar quem está dentro, na seleção não se nota tanto isso. Seria benéfico criar algo que funcione como carinho e motivação para os jogadores.Espero que no Euro 2012 o país cante pela seleção e que os jogadores o sintam."

Cristiano Ronaldo: Temos de ter sempre ambição, não só na seleção como na vida, de querer ser os melhores. Vamos para o Euro com ambição de ganhar, temos de ir passo a passo, vamos ter uma fase de grupos difícil e depois daí tudo é possível. Nada é impossível, mas temos de ter o pensamento de ganhar, a tarefa é possível, há que ter humildade, pés assentes na terra, porque vai ser extremamente difícil. Aquilo que espero é que as pessoas possam vir ao estádio apoiar a Seleção, ter as bandeiras nas casas como em 2004 e de ouvir cânticos para a Seleção, porque isso faz a diferença para os jogadores e só se nota nos clubes. Era uma maneira saudável e positiva de ajudar."

Rui Patrício: "Titular no Europeu? Não funciona assim, o mais importante é a equipa evoluir e trabalhar para fazer um excelente Europeu. Vamos ter muito tempo pra trabalhar em Maio e vamos estar melhor. O mais importante para mim é continuar a trabalhar, temos três excelentes guarda-redes, Beto e Eduardo, que dão total confiança ao selecionador e eu também tento fazer o meu melhor para ajudar."

João Pereira: "Titular no Euro? Vamos com calma, ainda faltam dois ou três meses, tenho de continuar a trabalhar como trabalhei até hoje para continuar a merecer a confiança do treinador. (...) O Sporting está a melhorar, como têm visto: temos três vitórias e um empate, temos de continuar nesta senda vitoriosa. Que resultado mais desejo para o clássico? Um empate."

Nélson Oliveira: "Senti um orgulho muito grande, realizei um sonho de miúdo, estou muito feliz. Não é muito diferente dos sub 21, já tenho um passado nas seleções jovens bastante longo. Claro que a emoção é outra, estou muito feliz e espero poder repetir."

João Moutinho: "Sou mais um para ajudar, foi o que tentei fazer, infelizmente não conseguimos uma vitória que era o que queríamos. Não vi o jogo na segunda parte, porque fiquei no balneário, mas no cômputo geral estivemos bem, temos ainda muita margem para melhorar. Estou bem para dar o meu contributo. É mais um jogo."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG