Paulo Bento quer manter estilo da fase de qualificação

O selecionador português de futebol afirmou esta segunda-feira que não tenciona alterar o estilo da equipa na fase final do Euro2012, querendo uma formação competitiva e organizada para ganhar, independentemente do adversário.

"As equipas têm uma identidade, tentam criar uma dinâmica de jogo que não deve depois ser alterada na fase final de uma competição", disse Paulo Bento, em declarações ao sítio da UEFA.

O técnico admitiu que "em alguns casos, em termos estratégicos, poderão existir 'nuances'" e foi claro quando aos objetivos: "Aquilo que pretendemos é ser competitivos e organizados e ganhar cada jogo, independentemente do adversário".

Paulo Bento, que assumiu o comando técnico da seleção em outubro de 2010, assegurou não ter sentido dificuldades de adaptação e disse ter contado com o apoio dos jogadores.

"Enquanto treinador da seleção não tive dificuldades em adaptar-me. Tive, naturalmente, também uma grande ajuda dos jogadores e por isso chagamos a este objetivo. Não houve dificuldades de maior para me adaptar e pelo facto de ter vindo de quatro anos num clube", referiu.

Também em declarações ao sítio da UEFA, o internacional Pepe, considerou que o facto de Paulo Bento, que classificou como "um treinador que exige muito", ter sido jogador.

"Ele esteve do nosso lado também, sabe perfeitamente o que um jogador pensa, numa competição, numa fase a apuramento. Entende bem a linguagem dos jogadores, sabe o que os jogadores precisam em determinado momento", afirmou, acrescentando: "Acho que Portugal está bem servido com Paulo Bento".

Portugal, que garantiu presença no Euro2012, que se vai disputar na Polónia e na Ucrânia, depois de afastar a Bosnia-Herzegovina no 'play-off', vai disputar a primeira fase da competição integrada no grupo B, juntamente com a Holanda, a Alemanha e a Dinamarca.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG