Bento promete lutar "olhos nos olhos" com adversários

O selecionador português de futebol, Paulo Bento, afirmou esta terça-feira que Portugal pode "lutar olhos nos olhos" com Alemanha, Dinamarca e Holanda, adversárias no Grupo B do Campeonato da Europa de 2012.

"Nós temos de continuar a aspirar competir com todas as equipas, saber que não somos a melhor seleção do Mundo, mas somos uma boa seleção, com jogadores de grande qualidade, que tem uma boa organização de jogo, que tem capacidade para lutar olhos nos olhos com as três equipas do grupo. Lutaremos, em primeiro lugar, pelo objetivo de chegar aos quartos de final e, depois, veremos o que acontece daí para a frente se alcançarmos esse objetivo como todos acreditamos para que isso aconteça", afirmou o selecionador luso.

Segundo Paulo Bento, os portugueses têm de estar "orgulhosos" das prestações da equipa das "quinas" em fases finais, até porque "desde 1996 falhou o Mundial1998 e apenas por uma vez não passou a primeira fase, no Mundial2002".

O selecionador português recusou convocar jogadores para o Euro2012 como "prémio de carreira", reiterando a necessidade de que os futebolistas cumpram critérios de "rendimento, qualidade, assiduidade e da necessidade" da seleção.

"Os critérios que definimos ao início são aqueles que pretendemos seguir para fazer a convocatória, mas, em alguns casos, há jogadores que não preenchem a totalidade desses requisitos, fundamentalmente a assiduidade. Mas temos de ver, não só o que fazem nos seus clubes, aquilo que fazem ao serviço da seleção e aquilo que a seleção necessita em cada momento", frisou o técnico, salientando a necessidade de ser "o mais justo possível".

O selecionador português reconheceu que a preparação planeada para o Euro2012 servirá para dotar a "equipa da melhor organização possível", focando-se na componente "técnico-tática" em Óbidos e, já na Polónia, o "lado mais estratégico do jogo".

Paulo Bento assegurou que os jogos particulares frente a Macedónia, a 26 de maio, e Turquia, a 02 de junho, visa a preparação para o encontro de estreia na competição, frente à Alemanha, a 09 de junho, e a utilização de todos os convocados.

"Isso é essencial, que todos os jogadores possam ser utilizados nesses dois jogos. São, naturalmente, adversários diferentes, mas não tivemos a preocupação de arranjar um adversário parecido com a Alemanha, porque não encontro nenhum. A nossa preocupação vai ser a nossa forma de jogar", frisou o técnico.

Após a assinatura do protocolo entre a Federação Portuguesa de Futebol e a Câmara Municipal de Óbidos para a realização do estágio de preparação para o Euro2012, o líder federativo, Fernando Gomes, expressou a sua ambição de vencer a competição, destacando o esforço da autarquia e da região no apoio à equipa das "quinas".

"Para chegarmos, num momento crucial, ao início do Euro2012 em condições ótimas para podermos disputar e ambicionar a conquista daquilo que todos desejamos, que, obviamente, é chegar à final e ganhar a final. Naturalmente, sabemos que há passos intermédios que têm de ser dados, um passo a fazer é fazer um ótimo estágio e este protocolo ainda vai criar melhores condições para que isso se possa concretizar", afirmou Fernando Gomes.

Os 23 convocados de Paulo Bento vão ser divulgados em 14 de maio e vão estagiar de 21 de maio a 01 de junho em Óbidos, após um pré-estágio em Lisboa, a 16 e 17 de maio, rumando a ruma a Opalenica, "quartel-general" durante o Euro2012, na Polónia, a 04 de junho

Durante esta concentração, a equipa das "quinas" vai defrontar, em jogos particulares, a Macedónia, previsivelmente em Leiria, 26 de maio, e a Turquia, no Estádio da Luz, em Lisboa, a 02 de junho.

No Grupo B do Euro2012, que vai ser disputado na Ucrânia, Portugal defronta Alemanha, a 09 e junho, e Dinamarca, a 13 de junho, ambos em Lviv, e a Holanda, a 17, em Kharkiv.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG