Ribeiro e Castro e o ataque de 'jardinismo' do CDS/Madeira

Ex-líder dos democratas cristãos condena a posição do CDS-PP/Madeira de votar contra o Orçamento do Estado; deputado apoia assim a decisão da direção do grupo parlamentar, que decidiu abrir um processo disciplinar aos deputados que desrespeitarem o sentido de voto do partido.

O ex-líder e deputado do CDS-PP Ribeiro e Castro está contra a posição do CDS-PP/Madeira de votar contra o Orçamento do Estado."Acho muito mal. Acho que é um ataque de 'jardinismo'. É uma quebra de solidariedade com problemas do país, parece uma visão não estritamente regional, mas até paroquial. É tudo aquilo que ao longo de anos nos habituámos a criticar no 'jardinismo', afirmou à Lusa José Ribeiro e Castro.

O deputado reclama uma reunião "urgente" da comissão política do CDS-PP e considera que esta é uma questão que "antes de ser disciplinar é política". Por isso, parece-lhe "bem a nota da direção do grupo parlamentar", que admitiu a abertura de um procedimento disciplinar aos deputados que desrespeitarem o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado, tal como preveem os estatutos e regulamentos.

Isto depois de o presidente do CDS-PP/Madeira, José Manuel Rodrigues, ter pedido este domingo a demissão de vice-presidente da Comissão Política Nacional do partido e de ter anunciado que o deputado centrista madeirense à Assembleia da República vai votar contra o Orçamento do Estado para 2013.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG