"Existem 23 capitães de equipa nesta seleção"

Beto está confiante numa boa prestação da seleção nacional, que esta segunda-feira parte para a Polónia. Desvaloriza críticas, mas reconhece a necessidade de uma vitória.

"Se jogarmos com alma, coração, vontade e união, pois existe uma união e uma amizade muito grande neste grupo, podemos jogar com a Alemanha olhos nos olhos", declarou o guarda-redes Beto no final do último treino da seleção, na manhã desta segunda-feira no Estádio da Luz, antes da partida para a Polónia ao final da tarde.

Um dos três guarda-redes da seleção nacional, Beto está confiante na estreia perante a Alemanha no próximo sábado, mas reconhece ser necessária uma vitória.

Desvalorizando as críticas à seleção feitas pela imprensa da Alemanha, Dinamarca e Holanda, os adversários de Portugal, Beto diz que o peso destas críticas "será nulo".

"Existem 23 capitães de equipa nesta seleção", disse Beto para sublinhar a qualidade do grupo de trabalho em que o guarda-redes, um dos jogadores mais velhos, tem "uma relação ótima com todos eles" e quer ajudar no que for necessário para se passar esta primeira fase.

Beto falou no final de um treino de pouco mais de uma hora no Estádio da Luz, perante cerca de 200 espectadores, que aplaudiram o treinador Paulo Bento quando este subiu ao relvado.

O treinador foi um dos primeiros a surgir para este treino ligeiro, de descompressão, após o jogo com a Turquia.

Do grupo de trabalho, apenas estiveram ausentes Nani, João Moutinho e Fábio Coentrão, a recuperar de pequenas mazelas após o jogo de sábado passado.

Antes da partida para a Polónia, a seleção é recebida às 15.00 horas pelo Presidente Cavaco Silva no Palácio de Belém.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG