Itália serve de exemplo para quase tudo

A Itália sempre foi o modelo dos movimentos adeptos radicais, e não só

Na década de 90, houve um caso semelhante com uma claque afecta ao Inter de Milão. Na altura, o líder dessa facção era Vincenzo Carabita, um adepto conhecido pela sua ideologia nazi, que se apresentava invariavelmente de cabeça rapada. Muito popular entre os adeptos dos movimentos ultra, e não só em Itália Vincenzo Carabita acabou detido por tráfico de droga, após uma operação policial que visava principalmente Carabita, mas que acabou por levar nas malhas da justiça outras pessoas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG