Benfica propõe acabar com as claques

A relação de Luís Filipe Vieira com as claques pura e simplesmente nunca existiu. O presidente do Benfica cansou-se de pagar multas à Liga por causa dos desacatos e de repor cadeiras no Estádio da Luz a cada jogo. Agora propõe acabar e/ou substituir as claques , que o Benfica não tem, por grupos de sócios organizados pelo próprio clube.

No final da assembleia geral de quinta-feira à noite, o presidente dos encarnados foi interpelado por sócios ligados a claques , tal como tinha sido em Outubro de 2007. Nessa altura afirmou que o Benfica não tinha claques . Isto depois dos No Name Boys e dos Diabos Vermelhos não se terem legalizado como manda a lei. Como não o fizeram o Benfica deixou de poder ajudar financeiramente as claques para não ser penalizado ou ver o Estádio da Luz interditado.

O clube já apresentou propostas à alteração do actual quadro legal da legalização e registo das claques . Segundo explicou ao DNsport fonte do departamento jurídico do clube, "os grupos de sócios ficariam dispensados de se constituírem em associação, como a actual lei exige, passando os clubes a ficar responsáveis pela sua identificação". Foi em 2007 que Vieira solicitou pela primeira vez ao presidente da Liga, Hermínio Loureiro, e ao presidente do IDP, Luís Sardinha, a alteração definitiva ou cumulativa da lei de registo dos grupos de adeptos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG